Pastor da intolerância deve ser apeado do cargo na CDH

ico143

O deputado federal Marco Feliciano, do PSC-SP, pastor da Igreja de Deus Catedral do Avivamento, não vai manter sua bunda esquentando a cadeira de presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDH) da Câmara dos Deputados. Eleito para o cargo na semana passada, numa votação apertada, depois de ter sido indicado pelo seu partido, Feliciano – que se diz dono de uma voz privilegiada – também não vai por à prova seus dotes de orador fervoroso.
Neste domingo, 10, o Conselho Nacional das Igrejas Cristãs dos Brasil (Conic) divulgou nota em que conclama a Câmara dos Deputados a afastar o deputado da presidência da CDH, tudo com base em declarações do parlamentar nas redes sociais, demonstrando seu “alto grau” de respeito aos direitos humanos e, em especial às minorias deste país.
Capaz, sem o menor constrangimento, de explorar na cara dura os fieis de sua igreja, inclusive reclamando de um deles, que doou o cartão de crédito à igreja, mas se esqueceu de informar a senha do mesmo, Feliciano vai às raias da aberração ao afirmar que a “podridão dos sentimentos homoafetivos leva ao ódio, ao crime, à rejeição”, ou, ainda, referir-se levianmanete aos negros no Twiter, expondo todo seu preconceito, intolerância e mau caráter.
Neste final de semana, protestos em pelos menos 10 grandes cidades brasileiras investiram contra a permanência de Feliciano à frente da Comissão. Há dias, listas que ciruculam na Rede reuniram dezenas de milhares de assinaturas, inclusive de signitários de outros países, exigindo que Feliciano seja apeado imediatamente do cargo de presidente da CDH. Agora, o Conic engrossa o coro que deve calar de vez, pelo menos na CDH, a voz teimosa e modulada do pastor paulista.
Desde a semana passada, aliás, a cúpula diretiva da Câmara Federal já vinha se sentindo bastante incomodada com o “levante” popular que pede a cabeça do pastor. E emitia sinais de que seria possível a destituição de Feliciano do cargo na CDH. O assunto, afinal, será examinado amanhã, já sob o impacto do documento do Conic.
Bem mais difícil do que cassar o novo presidente da CDH é exercitar o raciocínio e entender os eleitores da Feliciano. Acham, realmente, que Deus – se consultado fosse – admitiria que este sujeito se apresente como seu porta-voz, cobrador, tesoureiro e investidor????

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: