Vitória do CNJ, derrota do corporativismo representado pela AMB

Com sua autonomia reafirmada, ainda que por decisão apertada do STF, o Conselho Nacional de Justiça pode continuar sua missão moralizadora e necessária de fiscalizar e punir juízes. E a Associação dos Magistrados do Brasil (AMB), com todo seu corporativismo, perdeu uma grande oportunidade de se alinhar à nova sociedade brasileira que vai surgindo. Leia mais no Nassif:

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/o-cnj-e-a-cultura-da-transparencia-no-brasil#more

Anúncios
Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: