“Da servidão moderna”

O vídeo que verão a seguir (assim espero…) é uma dádiva. Não encontro outra e melhor expressão para defini-lo.  O diretor, Jean-François Brient mostra uma formidável capacidade de síntese ao discorrer sobre o que o título já menciona: a servidão humana. Nada de ficção. Só realidade, a mais pura realidade, ainda que recorra a filósofos de todas as épocas para amarrar o conteúdo, uma sufocante sucessão de golpes num sistema selvagem, impróprio para a vida, hostil à liberdade, que ajudamos a construir e perenizar.

Encontrei essa pérola (perdoem o clichê) no baú do Nassif, postada por uma certa Nadja Rocha, que – decididamente – não perde tempo com o fast-food filosófico. São 52 minutos de duração. E sequer um segundo de devaneio.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: