Celso Amorim e Cantanhêde: gancho de esquerda na jornalista da massa cheirosa

Admiro o ex-chanceler e agora Ministro da Defesa Celso Amorim. É de uma elegância vocabular impressionante. Rapaz de fino trato com as palavras. Culto, direto, vai ao cerne da coisa, mostrando rapidez de raciocínio e coerência. É assim que ele responde à colonista (forma como outro Amorim, o Paulo Henrique se refere aos colunistas da Folha) Eliane Cantanhêde, em entrevista excelente, nesta quarta-feira, 10. A moça, que lembra uma versão antiga daquela bonequinha sonsa produzida nos EUA há décadas, parece um sargentão da SS nazista interrogando o ministro. Mas, nosso grande diplomata não titubeia e esbanja patriotismo, levando a melhor no embate com a criadora da expressão “massa cheirosa”, referência dela ao cheirinho de “nobreza” que emana da elite brasileira patrocinadora da candidatura Serra, em 2010.

Vá ao link, no Uol/Folha e confira: http://www1.folha.uol.com.br/poder/957121-amorim-rebate-criticas-e-defende-general-do-exercito.shtml

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: