Murdoch e a regulação da mídia no Brasil

No Observatório da Imprensa, o jornalista Mauro Malin se apropria do escândalo Murdoch para fazer uma análise dos efeitos do episódio – que ainda deverá ter inúmeros capítulos pela frente – em terras tupiniquins. Sob o título Regular, sim. Cercear, não, Malin se presta a fornecer boa informação sobre jornalecos e jornalões que atravessam, sem dificuldade, a fronteira entre a notícia e a fofoca grosseira para concluir que temos como punir excessos com o aparato jurídico já existente. Ele demonstra que, na verdade, restam três pontos a serem tratados no âmbito da regulação da mídia. Um deles, a proibição da propriedade cruzada. Leia mais, aqui: http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/regular-sim-cercear-nao

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: