CADE de olho no cartel Clube dos 13 e Rede Globo

Notícia publicada nesta quarta, 15, no Uol Esporte, deve deixar a Globo com pulgas atrás das orelhas. Em parecer solicitado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), o Ministério Público Federal diz entender que a Globo e o Grupo dos 13 praticam cartel nas transmissões do Campeonato Brasileiro. Tudo por conta de uma cláusula de exclusividade contratual, que dá a emissora da Família Marinho o direito de igualar as propostas dos rivais nas negociações trienais para a transmissão do “Brasileirão”. O tal processo está no Cade desde 1997, mas com o parecer do MPF, hoje, pode voltar à pauta e, inclusive, gerar decisão até o final deste ano, com punição para o Clube dos 13 ou para a Globo.

Detalhe: o novo presidente do Clube dos 13, Fábio Koff, eleito recentemente, afirma que a entidade quer acabar com esta exclusividade “global” já na próxima negociação, que ocorrerá em 2011, dividindo o direito de transmissão com canais da tv aberta, por cabo e outras mídias., o que parece absolutamente lógico e sensato.

Convém lembrar como a TV Globo se irritou com o “topete” do treinador da seleção brasileira, Dunga, durante a Copa da África do Sul, que não facilitou as coisas para que a emissora tivesse privilégios nas entrevistas com os jogadores. Bem, comentaristas disseram naquela ocasião que a Globo não deixaria “barato” a atitude de Dunga e que este, encerrada a Copa, seria enxotado do cargo pela CBF, o que de fato aconteceu. Dunda, aliás (entenda melhor logo abaixo) foi substituído pelo então treinador do “Coringão”, Mano Menezes.

Mais uma lembrança imprescindível:  a vitória de Koff na recente eleição do Clube dos 13 se deu a contragosto do presidente todo-poderoso da CBF, Ricardo Teixeira. O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, aliado de Teixeira, votou no adversário de Koff. Enquanto isso, a rebeldia do São Paulo diante da CBF e de Teixeira acabou por excluir o Morumbi da Copa 2014. Já o Corinthians teve seu novo estádio, em Itaquera, aprovado pela CBF antes mesmo que a entidade tivesse visto o projeto, segundo revelou a imprensa. Aliás, é Teixeira quem decide tudo sobre a Copa 2014 no Brasil, o que só pode nos deixar muito, mas muito preocupados mesmo.

Agora, é aguardar que o Cade cumpra seu papel e contribua para melhorar o futebol brasileiro, acabando com os privilégios que ferem a lei, os clubes, atletas e torcedores.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: