São Paulo e Rondônia são os únicos que boicotam UPA e SAMU, diz a FSP

Notícia divulgada pela FSP/Uol, assinada pelo repórter Ricardo Westin, neste domingo, confirma que São Paulo é Rondônia  são os dois únicos estados  que não colocam dinheiro nos principais programas de saúde pública do governo federal: UPA (Unidade de Pronto Atendimento ) e SAMU, que atua com ambulâncias para emergências. 

Embora o SUS não obrigue estados a ajudarem no financiamento dos dois programas, a maioria o faz (entram com 25%) assim como os municípios, que participaram com outros 25%, enquanto a União garante os 50% restantes.  O Amazonas também passa ao largo do SAMU, enquanto a UPA é boicotada em  Santa Catarina e Espírito Santo. Registre-se que os governos catarinense e paulista (este último nas mãos de Serra, até recentemente) são adversários ferrenhos de Lula e de sua canddidata à presidência, Dilma Rousseff.

No Amazonas, o senador tucano Artur Virgílio, liderança do PSDB e da direitona brasileira é outro inimigo do governo Lula.  Como se vê, onde prevalece a politicalha, a saúde anda de muleta e o povo que se dane. Dilma, no entanto, garante que em seu governo vai investir pesadamente na multiplicação das UPAs e do SAMU. Curioso é que o jornalista do UOL/Folha vai direto ao ponto: ele usa a palavra boicote no título da matéria, para tirar qualquer dúvida sobre a intenção dos governantes que mandam às favas SAMU e UPA.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: