Brasil: potência ambiental ou econômica?

Luz e trevas

Do cientista Carlos Nobre, no Café Literário, da TV Cultura, sobre o futuro do Brasil: 

1) Em 25 anos o país poderá ser uma potência ambiental, objetivo que teria de nos conduzir, desde já, a uma mudança de rota radical em relação às políticas para o setor. Demandaria, ainda, a substituição do atual modelo, que projeta o país entre as cinco maiores potências econômicas do mundo, em 10 anos;

2) Para chegar à condição de potência ambiental, o país já sai em vantagem em relação aos seus principais concorrentes, India e China, principalmente. Tem um território imenso, água e florestas em abundância, com uma população proporcionalmente bem menor que os “rivais” diretos;

3) Nobre, porém, alerta que há um grande obstáculo a superar, de ordem cultural, camuflado no “DNA” europeu que a maioria de nós traz no sangue.  Somos um país tropical e isso a geografia nos ensina desde o útero. No entanto, na prática, continuamos “colonizando” e administrando nossas riquezas naturais ainda impulsionados pelo traço “genético” que trouxemos do outro lado do Atlântico, do clima frio, dos morros secos. Em suma: a noção de que vivemos num pais tropical ficou sentada nos bancos escolares; 

4) Enquanto isso, na Amazônia, afora o açaí, que já ganhou o mercado externo, dezenas de outras frutas típicas da região ainda esperam pela exploração sustentável, enquanto as florestas vão servindo de pasto para o gado ou são invadidas pela monocultura, como a soja. Na ponta do lápis, comprovadamente, as frutas tropicais seriam muito mais rentáveis e manteriam as populações da Amazonia em seus ambientes;

5) Enfim, que decisão tomar? Potência econômica em 10 anos, na esteira de um capitalismo esgotado, que sobrevive ainda por pura teimosia, ou potência ambiental em um quarto de século, inclusive servindo de modelo para outros tantos países pobres e “remediados” que também nâo se deram conta de que estão na zona tropical do planeta?

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: