O olé de Baltasar Garzón, um juiz marrudo da Espanha

O jui z espanhol Baltasar Garzón deve ser considerado um fenômeno. De meia idade, mas já com um histórico profissional de arrebatar corações, principalmente de pessoas que ainda crêem num mundo em que prevaleça a justiça – e não importa quem esteja do outro lado desta queda-de-braço – ele vem movimentando a opinião pública em seu país, no continente europeu e Estados Unidos por infernizar a vida dos poderosos, especialmente da direita corrupta espanhola. Aqui, contudo, a grande mídia, para não expor seus próprios pecados e os de seus patrocinadores, mantém-se absolutamente silenciosa. Artigo do jornalista Alberto Dines, do Observatório da Imprensa conta em detalhes as corajosas aventuras deste paladino da justiça. E a Opus Dei está por trás, à espreita.

Vá lá e confirme:  Garzón, o justiceiro

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: