‘Avatar” e o extermínio em massa nas Américas

Solano López, presidente vitalício até o dia de sua morte, foi baleado por um soldado na batalha final da Guerra do Paraguai. Estava desarmado quando levou o tiro mortal.

Em artigo publicado pela Agência Carta Maior, George Monbiot analisa as convergências possíveis (e elas não faltam) entre o filme ‘Avatar’ e o extermínio dos povos das Américas, com a chegada dos europeus. Matança que continuou posteriormente, já então pelas mãos de governantes. Um dos carrascos, que era frei franciscano, depende apenas de mais um milagrezinho para virar santo, por obra e graça do Vaticano, conta Monbiot.

Acrescento, abrindo aqui um paralelo, que, a despeito de contestado pela crítica (que o acusou de não ser tão fiel aos fatos), um outro escritor, Chiavenatto, enfiou o dedo na ferida em seu “Guerra do Paraguai: genocídio americano”. O livro, por obra de algum amigo “mão-leve” desapareceu há anos da minha estante. E o Brasil estava metido até o pescoço naquela guerra insana que matou Solano Lópes.  Vale ler o artigo de Monbiot, até para não perder o fio-da-meada da história da ‘colonização’ do continente americano. Ele não faz menção à guerra contra o Paraguai, mas descortina outros palcos sangrentos nos nossos quintais.  

Eis o guia para o massacre: http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=16490

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: