Revolução dos Cravos e o Brasil

Fica a raíz, vêm os brotos...

Capitães de Abril, co-produção francesa/espanhola/ italiana/portuguesa, de 2000, com direção de Maria de Medeiros, tem nos momentos finais um diálogo  que se aplica como luva ao Brasil atual. O filme (transmitido no domingo, 28, pela TB Vrasil)registra a queda da ditadura Salazar, deposto junto com seu gabinete por um golpe deflagrado pelas Forças Armadas e que, de imediato, ganhou o apoio dos portugueses. No diálogo a que me refiro, entre Maia (Stefano Accorsi) e Manuel (Frédéric Pierrot), dois dos jovens militares que comandaram a chamada “Revolução dos Cravos”,  ambos falam sobre o futuro daqueles que acabaram de depor, os políticos salazaristas. “Eles, talvez, apenas se tornem menos visíveis, mas estarão por aí, ‘democraticamente’, ocupando seus novos cargos”, diz, mais ou menos nestes termos, um dos oficiais.    Isso me faz lembrar o que aconteceu com a direita raivosa brasileira que apoiou a ditadura militar, na Arena, depois no PDS, evoluindo posteriormente para outros partidos que nunca abandonaram essa tradição, como o PP, o extinfo PFL e seu sucessor demoníaco, o DEM, que também atende pelo irônico apelido “Democratas”. Quando não assumiram seus ideais nessas siglas, infiltraram-se em partidos como o próprio PMDB, PPS e, claro, o PSDB, hoje um dos ninhos de conservadores e reacionários.   Sem falar nos nossos políticos que se diziam comunistas e que se bandearam, como dançarinas de bordel, para os braços da direita.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: