Quando se perde a alma…

Por vezes, sem nos darmos conta disso, perdemos a alma, ainda que por alguns instantes. Mas, como na fábula de João e Maria, um novelo de linha, que segue nossos rastros, a traz de volta, mais burilada. Obrigatória a leitura deste artigo do Emir Sader, na Agência Carta Maior, sugerido pelo amigo e jornalista Vivaldo, que chegou à fonte primeiro. Acesse: http://www.cartamaior.com.br/templates/postMostrar.cfm?blog_id=1&post_id=424

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: