Se chorar, corra!

Gosto de causos. Na infância, encarava a escuridão, sozinho, para ir até a casa de alguns colonos numa fazendinha que pertencia à família só para ouvir Zé Bigode e o velho Quinzote falarem de lobisomens, mulas-sem-cabeça e outros bichos “malígrinos”. Essa, que tento contar agora, ouvi, há anos, de uma amiga, faxineira, de Maringá. Ela me descrevia o perfil de um dos irmãos que, até então, eu não tivera a oportunidade de conhecer. “Olha, ele é bonzinho, coração de ouro, uma moça de tão educado, tem ‘ética’ (ela adorava essa palavra) até para segurar o garfo e faca na mesa. Meio acanhado, é verdade, muito tímido é o mais certo a dizer. Fala pouco, ouve mais. Não se mete em briga nem a pau. Bem, até se mete, mas nunca é ele que começa. As coisas acontecem assim: um fulano qualquer chega, meio de porre,  e desanda a falar. Fala e fala. Não se dá conta de que passou dos limites. Aí, então, calado, meu irmão vai se enchendo daquela torneira de bobagem. Primeiro, fica vermelho, mas continua quieto. Rapidinho, os olhos dele mareja. Por fim, já sem controle, começa a chorar, escancara no pranto, chora que chega a parecer cachoeira. E quando ele começa a chorar, você tem de correr, sumir da frente. Depois do choro, ele já sai na porrada. Bate no coitado do falador até não poder mais ou alguém (que vai levar cacetada também) apartar. Se ele chorar, corra se não você apanha”, resumia a mana do rapaz.  Bem, eu conheci o Airton. Gente finíssima. Mas, por precaução, nunca ousei trocar mais de 10 palavras com ele. E sempre atento aos olhos sinalizadores do dito cujo.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: